Anúncio

Collapse
No announcement yet.

Como rebaixar o cabeçote

Collapse
This is a sticky topic.
X
X
  • Filter
  • Hora
  • Show
Clear All
new posts

  • Como rebaixar o cabeçote

    Medir a taxa de compressão, muitos já sabem. Aqui no Fórum existem inclusive tutoriais que mostram isto, porém alguns ainda perguntam quanto tirar do cabeçote para chegar numa determinada taxa de compressão?
    O Procedimento correto e que praticamente nenhuma retífica sabe fazer é o seguinte:
    Conforme demonstrado na figura 2, O volume Vc1, é o que deve ser modificado, apesar de que a altura de luz, bem como a cilindrada alteram a taxa de forma significativa.
    A altura de luz é a folga que deve existir entre a face do pistão em relação à face de montagem da camisa. É medida com o pistão montado no motor, em sua camisa corretamente fixados no bloco, gira-se então o virabrequim até o pistão chegar ao PMS, ou seja o mais para fora possível, coloca-se uma régua de aço, e com a ajuda do calibre de lâminas se mede a distância entre a face do pistão e a superfície de montagem da camisa.
    Esta folga evita que o pistão bata no cabeçote mesmo com os componentes dilatados, além de permitir um incremento de turbulência na câmara melhorando o efeito do squish. Considero uma boa “luz”, 1,0mm!
    Como ela gera uma folga, gera um volume que deve ser considerado na taxa real de compressão do motor!
    O Vc1 pode ser facilmente medido com o cabeçote numa superfície horizontal, tendo sua câmara preenchida de fluído de baixa viscosidade, como água, querosene, ou até um óleo de transmissão automática.
    Mede-se o volume exato que coube nesta cavidade da câmara e anota-se o valor!
    H1, é uma medida que pode ser obtida, verificando onde a camisa começa a ter um aumento de diâmetro, o qual impossibilitaria sua entrada no cabeçote.
    Caso seja apenas um ressalto, o mesmo pode ser facilmente usinado caso necessário como veremos adiante.
    H2 é a medida complementar a H1, e mostra qual a profundidade de montagem da camisa. Para termos vedação da camisa no cabeçote (estanqueidade), H2, deverá ser sempre maior que H1 (entre1 e 3 mm em geral).
    D é o diâmetro do cilindro. Não serve o nominal do pistão, e muito menos o real do pistão cravado em sua cabeça, pois teremos aí um pequeno erro na verificação da taxa de compressão.

    Vamos lá...

    A taxa de compressão é calculada da seguinte forma:

    tc = (V1 + Vtc)/Vtc;
    onde V1 é a cilindrada de apenas um cilindro, e é dada por : 3,1416*D*D*S/4
    Costumamos utilizar neste cálculo tudo em cm, portanto se o cilindro tiver exatamente 86,2mm, usamos 8,62cm no cálculo e o curso sendo original (69mm) usamos 6,9cm,
    daí a cilindrada unitária será:
    V1 = 3,1416* 8,62*8,62*6,9/4 =
    V1 = 402,67cm3

    Vtc, é o volume total da câmara, e deve considerar o volume do cabeçote, da altura de luz e eventuais cavas ou protuberâncias nos pistões, assim:
    Vtc = Vc + VL ± Vpist
    onde:
    Vc = Vcabeçote (Vc1 ou Vc2 conforme ocaso), e deve ser medido com o líquido conforme comentado acima), digamos que no nosso exemplo, medimos e deu 54cm3
    VL = Volume da altura de luz e é calculado da seguinte forma:
    VL = 3,1416*D*D*L/4, digamos que estamos usando uma Luz de 1,0mm, portanto em cm será 0,1cm e portanto:
    VL = 3,1416*8,62*8,62*0,1/4
    VL = 5,84cm3
    Vpist é o volume que o formato da cabeça do pistão gera. pode ser positivo ou negativo, daí coloco na fórmula que pode ser mais ou menos, dependerá da forma do pistão.
    Pode ser medido, porém caso seja um pistão flat (plano), este volume é zero, simplificando nosso cálculo.
    Caso não seja, deve ser medido. Por exemplo, um determinado pistão com cava, tem 4cm3 nesta cava, assim Vpist = 4,0cm3 e deverá ser somado, se fosse cabeçudo, deveria ser subtraído.

    Bom, já temos os valores para calcular o Vtc
    Vtc = Vc + VL ± Vpist
    Vtc = 54 + 5,84 + 4,0 = 63,84cm3

    Qual será a taxa então?

    tc = (V1 + Vtc)/Vtc
    tc = (402,67 + 63,84)/63,84
    tc = 7,31

    Se quisermos aumentar a taxa para 12:1, qual será o caminho?
    Rebaixar o cabeçote!
    Quanto?

    Primeiramente deveremos calcular o novo Vtc para 12:1!

    tc = (V1 + Vtc)/Vtc, portanto:
    Vtc = V1/(tc-1)
    Vtc = 402,67/(12-1)
    Vtc = 402,67/11
    Vtc = 36,6cm3

    O cabeçote só impacta no valor de Vc, portanto devemos determinar quanto deverá ser o valor de Vc para a taxa de 12:1
    Vtc = Vc + VL ± Vpist
    36,6 = Vc + 5,84 + 4
    Vc = 26,76cm3 (pouco mais de meio copinho de café).

    ok!

    Pegamos agora este volume (uma seringa de injeção ajuda para definir o volume), colocamos na câmara do cabeçote e teremos exatamente a situação da figura 3
    Este volume é o volume Vc2, aí com um paquímetro mede-se a altura U1, que vai desde a superfície do cabeçote (onde a camisa encosta quando montada), até a superfície do líquido. esta medida é o quanto deve ser rebaixado o cabeçote!
    Digamos que seja 5,3mm, então para alterar a taxa de 7,3 para 12 neste motor deveremos rebaixar 5,3mm. Sem chutes nem sugestões infundadas de retíficas!
    Após definirmos esta medida de rebaixamento U1, deveremos tomar cuidado para ver se a camisa continua sendo montada no cabeçote permitindo vedação correta.
    A medida H2 deve ser reavaliada. veja na figura 4 que após o rebaixamento a altura H2 aumentou em relação à figura 2. isto pode ser um problema, pois a camisa somente encaixará caso H1 seja maior que H2. Lembram que comentei que em geral deixamos esta diferença entre 1 e 3 mm (H1 – H2 entre 1 e 3mm), se rebaixamos 5,3mm e tínhamos 3mm de folga a camisa não montará mais!
    E agora?
    Faceamos o cabeçote. Quanto?
    medimos a nova H2 Fig. 4 e determinamos quanto tirar.
    A diferença entre H1 e H2 deve ficar no mínimo em 1mm,
    Exemplo,
    Medimos H1 e H2 e a diferença deu:
    H1 – H2 = -2,5mm!!(portanto sem vedação), como queremos pelo menos 1mm, fazemos o seguinte:
    U2 = 2,5 + 1,0 (2,5 que apareceu negativo na conta acima + 1,0mm que é a folga mínima recomendada), assim
    U2 = 3,5mm, que é o faceamento mínimo a ser feito para a camisa ser montada.
    Desta forma a câmara do cabeçote bem como a região onde a camisa ficará montada no cabeçote Fig. 5.
    Nesta operação, pode acontecer de perdermos 1 ou 2 aletas do cabeçote (no modelo antigo de 8 aletas), mas nada que chegue a atrapalhar.
    E no máximo 1 no cabeçote moderno de 6 aletas.
    Arquivos Anexos
    "Master Vader"
    The Lord of the Sith VW
    My Twitter-> http://twitter.com/MasterVader
    My email -> vaderthemaster@gmail.com

  • #2
    Re: Como rebaixar o cabeçote

    Postado originalmente por Master Vader
    Medir a taxa de compressão, muitos já sabem. Aqui no Fórum existem inclusive tutoriais que mostram isto, porém alguns ainda perguntam quanto tirar do cabeçote para chegar numa determinada taxa de compressão?
    O Procedimento correto e que praticamente nenhuma retífica sabe fazer é o seguinte:
    Conforme demonstrado na figura 2, O volume Vc1, é o que deve ser modificado, apesar de que a altura de luz, bem como a cilindrada alteram a taxa de forma significativa.
    A altura de luz é a folga que deve existir entre a face do pistão em relação à face de montagem da camisa. É medida com o pistão montado no motor, em sua camisa corretamente fixados no bloco, gira-se então o virabrequim até o pistão chegar ao PMS, ou seja o mais para fora possível, coloca-se uma régua de aço, e com a ajuda do calibre de lâminas se mede a distância entre a face do pistão e a superfície de montagem da camisa.
    Esta folga evita que o pistão bata no cabeçote mesmo com os componentes dilatados, além de permitir um incremento de turbulência na câmara melhorando o efeito do squish. Considero uma boa “luz”, 1,0mm!
    Como ela gera uma folga, gera um volume que deve ser considerado na taxa real de compressão do motor!
    O Vc1 pode ser facilmente medido com o cabeçote numa superfície horizontal, tendo sua câmara preenchida de fluído de baixa viscosidade, como água, querosene, ou até um óleo de transmissão automática.
    Mede-se o volume exato que coube nesta cavidade da câmara e anota-se o valor!
    H1, é uma medida que pode ser obtida, verificando onde a camisa começa a ter um aumento de diâmetro, o qual impossibilitaria sua entrada no cabeçote.
    Caso seja apenas um ressalto, o mesmo pode ser facilmente usinado caso necessário como veremos adiante.
    H2 é a medida complementar a H1, e mostra qual a profundidade de montagem da camisa. Para termos vedação da camisa no cabeçote (estanqueidade), H2, deverá ser sempre maior que H1 (entre1 e 3 mm em geral).
    D é o diâmetro do cilindro. Não serve o nominal do pistão, e muito menos o real do pistão cravado em sua cabeça, pois teremos aí um pequeno erro na verificação da taxa de compressão.

    Vamos lá...

    A taxa de compressão é calculada da seguinte forma:

    tc = (V1 + Vtc)/Vtc;
    onde V1 é a cilindrada de apenas um cilindro, e é dada por : 3,1416*D*D*S/4
    Costumamos utilizar neste cálculo tudo em cm, portanto se o cilindro tiver exatamente 86,2mm, usamos 8,62cm no cálculo e o curso sendo original (69mm) usamos 6,9cm,
    daí a cilindrada unitária será:
    V1 = 3,1416* 8,62*8,62*6,9/4 =
    V1 = 402,67cm3

    Vtc, é o volume total da câmara, e deve considerar o volume do cabeçote, da altura de luz e eventuais cavas ou protuberâncias nos pistões, assim:
    Vtc = Vc + VL ± Vpist
    onde:
    Vc = Vcabeçote (Vc1 ou Vc2 conforme ocaso), e deve ser medido com o líquido conforme comentado acima), digamos que no nosso exemplo, medimos e deu 54cm3
    VL = Volume da altura de luz e é calculado da seguinte forma:
    VL = 3,1416*D*D*L/4, digamos que estamos usando uma Luz de 1,0mm, portanto em cm será 0,1cm e portanto:
    VL = 3,1416*8,62*8,62*0,1/4
    VL = 5,84cm3
    Vpist é o volume que o formato da cabeça do pistão gera. pode ser positivo ou negativo, daí coloco na fórmula que pode ser mais ou menos, dependerá da forma do pistão.
    Pode ser medido, porém caso seja um pistão flat (plano), este volume é zero, simplificando nosso cálculo.
    Caso não seja, deve ser medido. Por exemplo, um determinado pistão com cava, tem 4cm3 nesta cava, assim Vpist = 4,0cm3 e deverá ser somado, se fosse cabeçudo, deveria ser subtraído.

    Bom, já temos os valores para calcular o Vtc
    Vtc = Vc + VL ± Vpist
    Vtc = 54 + 5,84 + 4,0 = 63,84cm3

    Qual será a taxa então?

    tc = (V1 + Vtc)/Vtc
    tc = (402,67 + 63,84)/63,84
    tc = 7,31

    Se quisermos aumentar a taxa para 12:1, qual será o caminho?
    Rebaixar o cabeçote!
    Quanto?

    Primeiramente deveremos calcular o novo Vtc para 12:1!

    tc = (V1 + Vtc)/Vtc, portanto:
    Vtc = V1/(tc-1)
    Vtc = 402,67/(12-1)
    Vtc = 402,67/11
    Vtc = 36,6cm3

    O cabeçote só impacta no valor de Vc, portanto devemos determinar quanto deverá ser o valor de Vc para a taxa de 12:1
    Vtc = Vc + VL ± Vpist
    36,6 = Vc + 5,84 + 4
    Vc = 26,76cm3 (pouco mais de meio copinho de café).

    ok!

    Pegamos agora este volume (uma seringa de injeção ajuda para definir o volume), colocamos na câmara do cabeçote e teremos exatamente a situação da figura 3
    Este volume é o volume Vc2, aí com um paquímetro mede-se a altura U1, que vai desde a superfície do cabeçote (onde a camisa encosta quando montada), até a superfície do líquido. esta medida é o quanto deve ser rebaixado o cabeçote!
    Digamos que seja 5,3mm, então para alterar a taxa de 7,3 para 12 neste motor deveremos rebaixar 5,3mm. Sem chutes nem sugestões infundadas de retíficas!
    Após definirmos esta medida de rebaixamento U1, deveremos tomar cuidado para ver se a camisa continua sendo montada no cabeçote permitindo vedação correta.
    A medida H2 deve ser reavaliada. veja na figura 4 que após o rebaixamento a altura H2 aumentou em relação à figura 2. isto pode ser um problema, pois a camisa somente encaixará caso H1 seja maior que H2. Lembram que comentei que em geral deixamos esta diferença entre 1 e 3 mm (H1 – H2 entre 1 e 3mm), se rebaixamos 5,3mm e tínhamos 3mm de folga a camisa não montará mais!
    E agora?
    Faceamos o cabeçote. Quanto?
    medimos a nova H2 Fig. 4 e determinamos quanto tirar.
    A diferença entre H1 e H2 deve ficar no mínimo em 1mm,
    Exemplo,
    Medimos H1 e H2 e a diferença deu:
    H1 – H2 = -2,5mm!!(portanto sem vedação), como queremos pelo menos 1mm, fazemos o seguinte:
    U2 = 2,5 + 1,0 (2,5 que apareceu negativo na conta acima + 1,0mm que é a folga mínima recomendada), assim
    U2 = 3,5mm, que é o faceamento mínimo a ser feito para a camisa ser montada.
    Desta forma a câmara do cabeçote bem como a região onde a camisa ficará montada no cabeçote Fig. 5.
    Nesta operação, pode acontecer de perdermos 1 ou 2 aletas do cabeçote (no modelo antigo de 8 aletas), mas nada que chegue a atrapalhar.
    E no máximo 1 no cabeçote moderno de 6 aletas.


    Ola Amigo Master Vader
    Parabens pela bela explicação
    Pessoas que nem Vc jamais poderão se afastar daqui.
    Se não se ofender Vc é o Cara...Sabe muito bem o que faz e esta dizendo
    Um Abraço
    saudações 1600 sedan ar
    slick

    Comment


    • #3
      Re: Como rebaixar o cabeçote

      Tks Slick,
      Faço isto por nutrir a paixão pelo VW a ar como todos que aqui estão.
      Pessoas com interesses semelhantes eu gosto de chamar de família...
      É assim que eu gosto de enxergar a Fusca 4ever!
      Valeu!
      "Master Vader"
      The Lord of the Sith VW
      My Twitter-> http://twitter.com/MasterVader
      My email -> vaderthemaster@gmail.com

      Comment


      • #4
        Re: Como rebaixar o cabeçote

        maravilhoso vader,conteúdo de prima.vou ficar de olho nas proximas explicaçoes de como fazer com as varetas das valvulas,prisioneiros,coletor(para os monocarburados),varetas de acionamento dos buras,latas e o que mais for precisar de ajustes.Abraços
        Spa de fuscas AC-engenheiro mecanico automotivo(técnico em mecânica ,elétrica de autos,instaldor de alarmes e bloqueadores via satelite,injeção eletronica ,instalador de kits de gnv,pintor , soldador,isolamento acustico,som,capotaria) AC parts,peças e acessórios

        Comment


        • #5
          Re: Como rebaixar o cabeçote

          Parabéns Vader!!!

          Comment


          • #6
            Re: Como rebaixar o cabeçote

            belo tuto! mestre vader!!
            bom ver vç por cá! uma pergunta e as peças by vader!! vao sair!!!
            parabens de novo!

            Comment


            • #7
              Re: Como rebaixar o cabeçote

              Postado originalmente por kafinski
              belo tuto! mestre vader!!
              bom ver vç por cá! uma pergunta e as peças by vader!! vao sair!!!
              parabens de novo!
              Vão sair meu amigo KAfinski, mas estou mesmo sem tempo de acabar o desenvolvimento delas.
              Hoje se for lança-las, será sem testes adequados terminados, e não faria isto, por questão de credibilidade!
              Que funcionam, eu sei que funcionam, mas não posso atestar durabilidade razoável ainda!
              "Master Vader"
              The Lord of the Sith VW
              My Twitter-> http://twitter.com/MasterVader
              My email -> vaderthemaster@gmail.com

              Comment


              • #8
                Re: Como rebaixar o cabeçote

                Vader,

                Belíssimo conteúdo! Meus parabéns!

                Antonio Carlos,
                Quanto a acabar com as regulagens de varetas, talvez eu tenha uma solução boa para isso... Citei algo nos ultimos tópicos sobre a adaptação de tbi de R1 no meu carro.. hehehe
                Mas claro, irei testar e passarei pra galera.

                Quem me deu a dica, amigo do meu pai, colocou esse sistema num trike(trike aqui em Goiás é giria para ultra-leves com mtor geralmente VW a ar), com dupla carburação, e resolveu uma série de problemas que o dono tinha reclamado...

                Bem, veremos!

                Forte abraço e mais uma vez, parabéns ao Vader!
                Aos que não atualizaram ...

                ** Acessar o perfil e adicionar a localização e adicionar uma assinatura, para podermos aprimorar nosso atendimento aos usuários do fórum **



                Meu carro é vermelho..Não uso o espelho pra me pentear!

                VW Air-Cooled 4ever, porque para ferver àgua, uso chaleira!!!!

                Megasquirting

                284º

                Comment


                • #9
                  Re: Como rebaixar o cabeçote

                  Muito bom o tópico, mestre!
                  Fiquei apenas com uma dúvida: em casos de pistões cabeçudos, o "L" deve ser medido pela face plana do pistão ou pelo "topo" do ressalto?

                  Obrigado!
                  Localização: Rio de Janeiro - RJ
                  Reforma do Fuscão: http://www.flickr.com/photos/3255866...88230798/show/

                  Comment


                  • #10
                    Re: Como rebaixar o cabeçote

                    Postado originalmente por Ernesto
                    Muito bom o tópico, mestre!
                    Fiquei apenas com uma dúvida: em casos de pistões cabeçudos, o "L" deve ser medido pela face plana do pistão ou pelo "topo" do ressalto?

                    Obrigado!
                    Pela face plana do pistão.
                    O único cuidado, e verificar se a luz utilizada é suficiente para evitar que o ressalto não interfira com o cabeçote e válvulas.
                    No caso específico do fusca, o pistão cabeçudo é o do motor tork 1600cm3 a álcool (a partir de 1984), este ressalto é bem suave e não costuma chegar a atrapalhar em montagens convencionais. Como este ressalto quase coincide com o formato da câmara do cabeçote, em geral não teremos problemas de montagem.
                    Como sempre digo... Taxa de compressão excessiva não é uma solução das melhores.
                    Alguns que "teimam em utilizar, tem que trabalhar com avanços menores e acabam tendo problemas de alcançar altas rotações com os motores.
                    Recomendo 12:1 no álcool e 8,5:1 no gasolina para aspirados, para turbo somente álcool e taxa de 8,0 a 9,0 dependendo da pressão. No gasolina, taxa original do 1600cm3 (7,2 ou 7,5 conforme o ano) e pressão máxima de 0,6kgf/cm2.
                    É importante termos taxas adequadas para aproveitar bem o rendimento do motor, contudo excesso de taxa trás redução do rendimento mecânico, pois gasta-se mais energia para comprimir a mistura ar combustível e parte do pouco que se ganha com o aumento da taxa se perde com este maior trabalho de compressão.
                    "Master Vader"
                    The Lord of the Sith VW
                    My Twitter-> http://twitter.com/MasterVader
                    My email -> vaderthemaster@gmail.com

                    Comment


                    • #11
                      Re: Como rebaixar o cabeçote

                      Obrigado, Mestre!

                      Meu plano era usar 12:1 no álcool. Mas talvez eu vá de 11:1. Meu kit 1600 'tork' deve chegar essa semana... aí vou começar a economizar pra comprar o vira e as bielas novos...

                      []s
                      Localização: Rio de Janeiro - RJ
                      Reforma do Fuscão: http://www.flickr.com/photos/3255866...88230798/show/

                      Comment


                      • #12
                        Re: Como rebaixar o cabeçote

                        MUITO BEM EXPLICADO MESTRE, O GRAU DE SEU CONHECIMENTO VAI ATE ONDE???
                        PUTA.....Q...PA....., VC SABE DE TUDO SBRE OS BOXER E COM DETALHES, UM DIA , QDO CRESCER QUERO SER IGUAL A VC , rsrsrsrs

                        ADMIRO SEU CONHECIMENTO E AFINCO NO MUNDO BOXER..


                        ABRAÇO
                        1600 T BLACK PARTE II , POR QUE O SONHO NUNCA MORRE





                        Comment


                        • #13
                          Re: Como rebaixar o cabeçote

                          Parabéns Vader

                          Topico expetacular
                          tiro muitas dividas que eu tinha sobre
                          rebaixar o cabeçote

                          Comment


                          • #14
                            Re: Como rebaixar o cabeçote

                            Prezados,
                            ao invés de alterar o cabeçote para aumentar a taxa de compressão é viável remover material do pé das camisas?
                            saudaçoes

                            Comment


                            • #15
                              Re: Como rebaixar o cabeçote

                              Ta loko! que Puta explicação, parabéns!
                              Ex-Fusca 73 "Tópico Hippie "
                              *Saudades dele....

                              Comment

                              Working...
                              X